Instituto Renault

Criado há seis anos, o Instituto Renault desenvolve e apoia, em cada um dos seus três eixos de atuação, outros importantes projetos. Conheça, a seguir, algumas dessas iniciativas.

 
  • EIXO CAPITAL HUMANO
Neste eixo, a geração de renda é estimulada também através da Cozinha Comercial, lançada em 2002. Através deste projeto, com o auxílio do Serviço Social da Indústria (Sesi), as mulheres da comunidade são treinadas na área de alimentação e passam a atuar no restaurante da Associação Borda Viva. Além disso, as equipes trabalham também na produção bolos, pães, doces, salgados e sucos, entre outros quitutes típicos de serviços de coffee break, que são fornecidos, sob encomenda para eventos em empresas.
 
Segurança Alimentar e Voluntariado
 
O restaurante da Associação Borda Viva desenvolve, paralelamente ao projeto da Cozinha Comercial, o trabalho de segurança alimentar, que é focado nas crianças em idade escolar e que vivem em situação de vulnerabilidade social. As refeições são preparadas pelas mulheres da comunidade e atendem diariamente 180 crianças, totalizando 45 mil refeições por ano.

O voluntariado é outra importante iniciativa do Instituto Renault, e reúne, no total, mais de uma centena de colaboradores em torno de mutirões para a reforma de escolas do Bairro Borda do Campo, no entorno do Complexo Ayrton Senna.  Realizadas nos finais de semana, as atividades compreendem pintura, reparos em alvenaria, marcenaria e jardinagem, entre outros.
 
Educação e inclusão
 
A educação é outro tema fundamental do eixo Capital Humano. Por isso, a Renault investiu na construção do prédio que hoje abriga o Centro Municipal de Educação Infantil do Bairro Borda do Campo, em São José dos Pinhais. As instalações foram doadas para a Associação Borda Viva, que aluga o prédio para a Prefeitura e com isso obtém uma importante fonte de renda. O Instituto Renault apoia também o Centro de Educação Infantil Árvore dos Sapatos, que atende 250 crianças da comunidade.
 
Patrocinar o esporte é uma forma de promover o desenvolvimento social, a inclusão e a cidadania. Por isso, o Instituto Renault é apoiador da equipe de vôlei sentado da Universidade Livre para Eficiência Humana (Unilehu) - que ganhou medalha de ouro no Parapan-Americanos do Canadá e é a atual campeã brasileira da modalidade – e também do atleta paraolímpico de esgrima em cadeira de rodas Sandro Colaço, que coleciona medalhas de prata (4) e bronze (4) no Campeonato Brasileiro e na Copa Brasil .
 
Desafio Renault Experience
 
O Desafio Renault Experience, destinado ao público universitário de todo o país, estimula os alunos a contribuírem com ideias criativas e inovadoras, em projetos focados na indústria automobilística. Em sua quarta edição neste ano, tem como tema desafiador “A Educação para a Segurança no Trânsito”.
 
Os cursos diretamente envolvidos são os de Engenharia, focado em itens de segurança nos veículos; Design, onde o objetivo é estimular ideias sobre como deve ser e se comportar o veículo autônomo no trânsito; Negócios, focando o planejamento estratégico de uma montadora; e Comunicação, no desenvolvimento de campanhas de sensibilização sobre a importância da educação para segurança no trânsito.
 
  • EIXO EDUCAÇÃO PARA SEGURANÇA NO TRÂNSITO
Além do projeto O Trânsito e Eu, neste eixo são apoiadas ainda ações como o Open Forum Trânsito e Transformação – Caminhos para a Mobilidade Segura;  o projeto Direção Segura para Jovens e o  Road Show de segurança viária.  O Open Fórum, realizado em setembro deste ano, chegou à sua terceira edição, com a parceria de instituições como FIEP-SESI-PR, através do Cifal (Centro Internacional de Formação de Atores Locais), ligado à ONU, e  concessionária Ecovia.
 
Dirigido a jovens e adultos, participaram da edição deste ano o sociólogo Eduardo Biavati, especialista em Educação e segurança no Trânsito, Cacá Clauset, duas vezes campeão do Rali dos Sertões, e Bia Figueiredo, piloto da Stock Car  e única mulher a vencer na Fórmula Renault. Além disso, nesta edição foi apresentada a primeira experiência do projeto Direção Segura para Jovens, realizado no autódromo Internacional de Curitiba.

O objetivo do Curso, considerando o fato de que mais de 90% dos acidentes resultam de falha humana e que o público mais suscetível é composto por jovens de 18 a 25 anos, é demonstrar aos jovens, de maneira prática, os riscos provocados pelo motorista que desvia a sua atenção do volante.

O road show de segurança viária, desenvolvido e apresentado pela TRAFPOL - IRSA - International Road Safety Academy, da Espanha, é apresentado ao público universitário (jovens de 16 a 21 anos) e foi apresentado em instituições como PUC-PR , Universidade Positivo e Faculdade das Indústrias.
 
  • EIXO MEIO AMBIENTE 
Ciente da sua responsabilidade ambiental, a Renault do Brasil conta com uma das maiores reservas ambientais entre montadoras instaladas na América Latina: 60% da área ocupada pelo Complexo Ayrton Senna é coberta de mata nativa preservada. Do ponto de vista da sua operação, hoje 98% das cerca de 70 mil toneladas dos resíduos gerados anualmente são reaproveitados ou reciclados e o consumo de energia e de água por veículo fabricado caiu mais de 50% nos últimos sete anos.
 
A preocupação com a sustentabilidade  está presente também nos veículos Renault.  Ao todo, seis modelos da marca (versões do Clio , Sandero, Logan , Duster, Fluence e Kangoo) são nota “A” no Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular (PBEV) pelo baixo consumo de combustível. Já os modelos Clio, Sandero 1.0, Logan 1.0 e Fluence, além de obterem nota “A” dentro de suas categorias, também obtiveram nota “A” em todas as classificações e assim recebem também o selo do Programa Nacional da Racionalização do Uso dos Derivados do Petróleo e do Gás Natural (Conpet).
 
Mobilidade Zero Emissão
 
Referência mundial em mobilidade urbana 100% limpa, a Renault é o único fabricante a oferecer uma gama completa de veículos elétricos no mercado, composta por quatro diferentes modelos: Zoe, um hatch compacto de quatro lugares, Renault Kangoo Z.E, utilitário, Fluence Z.E , sedã,  e o Twizy, um modelo ultracompacto de dois lugares para uso urbano.
 
Desde 2013, quando iniciou a venda de veículos elétricos no País, a Renault participa de importantes projetos de mobilidade urbana 100% elétrica, através de parcerias com instituições como a Itaipu Binacional, CEIIA (Centro para a Excelência e Inovação na Indústria Automóvel), em Portugal, CPFL Energia (Companhia Paulista de Força e Luz), Patrus Transportes, Prefeitura Municipal de Curitiba, Governo do Distrito Federal, CEB (Companhia Energética de Brasília) e Grupo TPC. Além das parcerias, a marca já comercializou mais de 80 unidades com empresas e instituições públicas para projetos de mobilidade zero emissões.
 
A Aliança Renault-Nissan lidera o segmento de veículos zero emissão no mundo e investe  4 bilhões de euros no desenvolvimento dessa tecnologia. Desde o início da comercialização do primeiro elétrico, em 2011, foram mais de 250 mil veículos vendidos pela Aliança no mundo, atingindo a liderança do segmento zero emissão.

Releases Relacionados

  • Renault expõe soluções de mobilidade zero emissão no Salão de Veículos Híbrido-Elétricos

    Saiba mais

    Clique aqui para ver a notícia.
  • Com o tema “Celular e Direção”, Instituto Renault realiza V Open Forum – Trânsito e Transformação

    Saiba mais

    Clique aqui para ver a notícia.
  • Instituto Renault inicia Renault Experience 2017, estimulando o empreendedorismo e a inovação por meio de startups

    Programa é aberto para estudantes de graduação, pós-graduação,…

    Saiba mais

    Clique aqui para ver a notícia.