Quinta, 27 de julho de 2017.

ALIANÇA RENAULT-NISSAN TEM AUMENTO RECORDE DE VENDAS NO 1º SEMESTRE DE 2017

  • Juntas, Renault, Nissan e Mitsubishi Motors venderam mais de 5,27 milhões de veículos entre janeiro e junho 2017, um aumento de 7%;
  • Vendas acumuladas de veículos elétricos ultrapassam 480.000 veículos;
  • Aliança ampliada está prestes a conquistar o primeiro nível mundial da indústria automobilística em 2017.

No primeiro semestre de 2017, as vendas da Aliança Renault-Nissan aumentaram 7%, para 5.268.079 veículos. Elas foram alavancadas por uma forte demanda dos modelos das montadoras francesa e japonesa, bem como pela primeira contribuição semestral da Mitsubishi Motors, que agora também faz parte da Aliança.
 
Houve um aumento nas vendas de modelos da Renault, como Clio, Sandero, Mégane, Captur e Duster, e a Nissan tem respondido a uma forte demanda para seus modelos X-Trail / Rogue, Sentra / Sylphy, Qashqai e Altima / Teana. Tendo ingressado na Aliança desde o fim de 2016, a Mitsubishi Motors vendeu aproximadamente 495.000 veículos, principalmente como resultado da demanda global para seu SUV Outlander, bem como para o modelo Pajero Sport na região ASEAN.
 
As vendas acumuladas dos veículos elétricos das três montadoras também aumentaram significativamente, chegando a 481.151 unidades e confirmando a posição da Aliança como primeira montadora generalista de carros elétricos. O aumento foi principalmente alavancado pelo LEAF da Nissan, pelo ZOE da Renault – que mantém o primeiro lugar na Europa – e pelo i-Miev da Mitsubishi. Em termos de híbridos, as versões elétricas recarregáveis do Mitsubishi Outlander ultrapassam as 13.000 unidades.
 
Carlos Ghosn, presidente mundial da Aliança Renault-Nissan, destacou que “A Aliança atingiu vendas recordes durante o primeiro semestre de 2017, com 5.268.079 veículos vendidos. Para maximizar as sinergias dentro da Aliança neste ano, nosso foco é a busca de economias de escala e ampliação de nossa presença global, oferecendo tecnologias de ponta e modelos elétricos inovadores. Nossa Aliança ampliada está bem posicionada para realizar seu pleno potencial, tanto em termos de volumes de vendas como na oferta de serviços associados à mobilidade de nova geração, para nossos clientes de todo o mundo”.
 
O Grupo Renault vendeu 1.879.288 veículos no primeiro semestre de 2017, em alta de 10,4%, em um mercado que avança 2,6%. Todas as marcas do grupo apresentam aumentos de volumes e participações de mercado. A Renault e a Dacia estabeleceram novos recordes de vendas em um semestre, e a Renault ocupa o segundo lugar em vendas na Europa. Os volumes e participações de mercado avançaram em todas as regiões, principalmente na Região África / Oriente Médio / Índia, onde houve um aumento de 19,3%, e na região Ásia-Pacífico, onde houve um salto de 50,5%.
 
Já a Nissan Motor Co. Ltd. vendeu 2.894.488 veículos no mundo no primeiro semestre de 2017, em alta de 5,6%. A Nissan apresenta vendas em alta no Japão (+22,9%) e na Europa (+5,7%). Foram vendidas 125.000 unidades do modelo Infiniti, uma progressão de aproximadamente 13% em relação ao mesmo período de 2016.
 
A Mitsubishi Motors vendeu 494.303 veículos em todo o mundo, uma progressão de 2,4% em relação ao mesmo período em 2016, com a retomada das vendas de seus minicarros Kei no Japão. O aumento das vendas reflete também o forte crescimento na China, com o lançamento dos SUVs Outlander fabricados localmente. Também nota-se uma progressão na região ASEAN, alavancada pela demanda crescente de SUVs e picapes.
 
A Aliança pretende expandir suas sinergias em 2017, alavancando a cooperação entre a Mitsubishi Motors e a montadoras Nissan e Renault em áreas como compras, nacionalização de componentes, manufatura cruzada, plataformas de veículos, compartilhamento de tecnologias e a expansão tanto em mercados maduros como emergentes.

 
10 primeiros mercados no 1º semestre de 2017
  Grupo Renault Nissan Mitsubishi Motors
1 França Estados Unidos Estados Unidos
2 Rússia China China
3 Itália Japão Japão
4 Alemanha México Austrália
5 Espanha Reino Unido Filipinas
6 Turquia Canadá Indonésia
7 Brasil Rússia Tailândia
8 Irã França Alemanha
9 Reino Unido Itália Reino Unido
10 Argentina Alemanha Emirados Árabes Unidos
 
 
SOBRE A ALIANÇA RENAULT-NISSAN

A Aliança Renault-Nissan é uma parceria estratégica entre o Grupo Renault, da França, e as japonesas Nissan Motor e Mitsubishi Motors. Juntas, as três montadoras venderam 9,96 milhões de veículos em aproximadamente 200 países em 2016, o que representa 1 a cada 9 carros comercializados em todo o mundo. A Aliança também mantém acordos de colaboração estratégica com outras montadoras, como a alemã Daimler e a chinesa Dongfeng, além de possuir participação majoritária na joint venture que controla a maior montadora de automóveis russa, a AvtoVAZ. A Aliança lidera a produção de veículos zero emissão e desenvolve tecnologias inovadoras com foco na condução autônoma, conectada e acessível para os veículos do futuro.
 

Releases Relacionados

  • Aliança Renault – Nissan – Mitsubishi aumenta sinergias anuais para…

    • Sinergias anuais aumentam 14%, passando de 5 bilhões de euros em 2016 para 5,7 bilhões…

    Saiba mais

    Clique aqui para ver a notícia.
  • Aliança Renault-Nissan-Mitsubishi vende 10,6 milhões de veículos em…

    • Vendas acumuladas da Renault, Nissan e Mitsubishi Motors tiveram aumento de 6,5% em comparação…

    Saiba mais

    Clique aqui para ver a notícia.
  • Aliança 2022: novo plano visa sinergias anuais de 10 bilhões de euros…

    Renault, Nissan e Mitsubishi Motors vão reforçar sua cooperação…

    Saiba mais

    Clique aqui para ver a notícia.