Terça, 28 de janeiro de 2020.

COMUNICADO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO DA RENAULT

- Luca de Meo é nomeado CEO da Renault
- Clotilde Delbos é nomeada CEO adjunta da Renault

 

Após o processo de seleção conduzido pelo Comitê de Governança e Remunerações, o Conselho de Administração se reuniu hoje sob a presidência de Jean-Dominique Senard, tendo decidido nomear Luca de Meo como CEO da Renault S.A. e presidente do Conselho de Administração da Renault s.a.s., a partir de 1 de julho de 2020.

O Conselho de Administração escolheu Luca de Meo em razão de sua experiência e percurso profissional bem-sucedidos em suas funções anteriores, reunindo todas as qualidades para contribuir com o desenvolvimento e a transformação do Grupo Renault em todas as suas dimensões.

Clotilde Delbos continuará a desempenhar suas funções como CEO interina da Renault S.A. até a entrada em vigor do mandato de Luca de Meo. O Conselho de Administração também deu parecer favorável para que a executiva exerça as funções de CEO adjunta da Renault S.A. a partir de 1 de julho de 2020.

O Conselho de Administração expressou sua total confiança na nova governança do Grupo e deseja aos executivos pleno sucesso em suas funções.

Jean-Dominique Senard, presidente do Conselho de Administração, declarou na ocasião: ”Estou muito feliz com esta nova governança, que marca uma etapa decisiva para o grupo e para a Aliança. Luca de Meo é um grande estrategista e visionário, em um setor automotivo em plena transformação. Sua expertise e sua paixão por carros fazem dele um verdadeiro diferencial para o grupo. Agradeço também a Clotilde Delbos, que está desempenhando as funções de CEO interina do grupo de forma excepcional. Ela tem demonstrado a cada dia seu comprometimento e determinação a serviço da Renault. Juntos, com o apoio de um comitê executivo renovado e fortalecido, eles formarão uma equipe da mais alta qualidade, com uma infinidade de talentos, à altura das ambições da Renault”.

Biografias
 
Nascido em Milão, na Itália, em 1967, Luca de Meo é formado em administração de empresas pela Universidade Comercial Luigi Bocconi de Milão.

Luca de Meo iniciou sua carreira na Renault, tendo trabalhado posteriormente na Toyota Europa e no Grupo Fiat, onde dirigiu as marcas Lancia, Fiat e Alfa Romeo. Tem mais de 20 anos de experiência no setor automotivo.

Luca de Meo ingressou no Grupo Volkswagen em 2009, como diretor de Marketing, tanto para os carros de passeio da marca Volkswagen como para o Grupo Volkswagen. Posteriormente, passou a ser membro do Conselho de Administração, responsável pelas áreas de Vendas e Marketing na AUDI AG, em 2012.

Foi presidente do Comitê Executivo da SEAT de 1º de novembro de 2015 a janeiro de 2020 e membro do Conselho Fiscal da Ducati e da Lamborghini, bem como presidente do Conselho de Administração do Grupo Volkswagen, na Itália.
 
Nascida em 1967, Clotilde Delbos é formada pela Escola de Gestão EM de Lyon, na França. Iniciou sua carreira na Califórnia e depois em Paris, na Price Waterhouse. Em 1992, foi para o grupo Pechiney. Desempenhou diferentes funções antes de se tornar diretora financeira de divisão. Após a aquisição da Pechiney pelo grupo Alcan do Quebec, Canadá, Clotilde Delbos se tornou vice-presidente & diretora financeira da divisão de Produtos de Engenharia, desde 2005 até a venda da empresa, em 2011.

Clotilde Delbos ingressou no Grupo Renault em 2012, como diretora de Performance e Controladoria do Grupo. Em 1º de maio de 2014, Clotilde Delbos passou a ser diretora Mundial de Performance e Controladoria da Aliança. Em 25 de abril de 2016, Clotilde Delbos passou a ser vice-presidente executiva, diretora executiva de Finanças (CFO) do Grupo Renault. Também se tornou presidente do Conselho de Administração do Banco RCI, passando a fazer parte do Comitê Executivo do Grupo Renault.

Em 11 de outubro de 2019, passou a ser CEO interina da Renault, mantendo suas funções como CFO do Grupo Renault e presidente do Conselho de Administração do Banco RCI.

Sobre o Grupo Renault
Montadora de automóveis desde 1898, o Grupo Renault é um grupo internacional presente em 134 países, tendo vendido quase 3,9 milhões de veículos em 2018. O Grupo emprega atualmente mais de 180.000 colaboradores, tem 36 unidades industriais e 12.700 pontos de venda espalhados pelo mundo. Para responder aos grandes desafios tecnológicos do futuro e manter sua estratégia de crescimento rentável, o Grupo se apoia no desenvolvimento internacional, na complementariedade de suas 5 marcas (Renault, Dacia, Renault Samsung Motors, Alpine e Lada), nos veículos elétricos e em sua inigualável aliança com a Nissan e a Mitsubishi Motors. Com sua escuderia na Fórmula 1, a Renault faz do automobilismo esportivo um vetor de inovação e notoriedade da marca.

Releases Relacionados