Segunda, 14 de setembro de 2020.

Daniel Ricciardo termina muito próximo do pódio no circuito de Mugello

Daniel Ricciardo e a Renault DP World F1 Team terminaram aos pés do pódio ao final de um apaixonante Grande Prêmio da Toscana, recheado de incidentes envolvendo várias atuações do carro de segurança e duas bandeiras vermelhas. Esteban Ocon foi obrigado a abandonar a prova, após um problema nos freios.
 
Daniel passou pela bandeira quadriculada a apenas 2’’3 do terceiro lugar, após as 59 voltas e quase 2h30 de uma corrida agitada na Itália, onde uma série de incidentes provocou duas novas largadas.
 
Os dois pilotos haviam feito uma boa largada, com Daniel se projetando para o sexto lugar e Esteban chegando à décima posição ao final da primeira volta. Após uma primeira atuação do carro de segurança, os dois conseguiram evitar problemas durante um reinício caótico que fez com que vários carros colidissem, dando origem à primeira bandeira vermelha.
 
Um problema de freios foi identificado no monoposto de Esteban, que teve que abandonar a prova antes da nova largada. Enquanto isso, Daniel aproveitou para evoluir em sua progressão no pelotão. Uma excelente parada nos boxes feita em 2’’7 na volta de número 27 para colocar pneus médios permitiu que ele chegasse ao terceiro lugar, antes uma final apaixonante em que vários carros lutaram para conquistar o último degrau do pódio.
 
Entretanto, a segunda atuação do carro de segurança se transformou em bandeira vermelha, provocando uma nova largada no grid. Com pneus macios, Daniel foi o mais rápido para atingir os 200 km/h, em uma largada impressionante que o projetou para o segundo lugar.
 
Apesar de seus esforços heroicos, o australiano teve que ceder o segundo lugar uma volta mais tarde, e o terceiro a nove voltas para o final da prova. Ao passar pela bandeira quadriculada, Daniel estava em quarto, posição que conquistou pela terceira vez nesta temporada.

Daniel Ricciardo – Largada: 8º – Chegada: 4º:
“Estou bem contente com esta corrida, ficamos mais uma vez bem próximos do pódio. Foi um longo dia, com uma longa corrida devido aos incidentes e paradas, mas o importante é que todos os pilotos estejam bem. Estávamos em terceiro lugar perto do final, por isso é uma pena não termos conseguido faltando tão pouco para a chegada. Não conseguimos avançar mais do que isso e vamos continuar partindo para o ataque. Nossas largadas foram boas, ultrapassamos o Valtteri [Bottas], mas o Alex [Albon] e ele foram muito rápidos para que mantivéssemos nossa posição. Foi meio chato não estar no pódio depois disso, mas este quarto lugar ainda é um excelente resultado.”
 

Esteban Ocon – Largada: 10º – Abandono:
“Sofremos com um superaquecimento dos freios e por isso tivemos que abandonar hoje. Os freios traseiros estavam em chamas durante a atuação do carro de segurança, o que danificou a traseira do monoposto e o sistema de frenagem. Não conseguimos remontar o carro durante a atuação da bandeira vermelha. Estávamos bem posicionados no início, mas tive que passar por fora e o Carlos (Sainz) e eu acabamos perdendo algumas posições. Senti que tínhamos o ritmo para conquistar bons pontos, teria sido uma bela corrida, com muita ação. Este ano está sendo muito louco e é ainda mais interessante porque está oferecendo mais oportunidades para apresentarmos grandes resultados.”

 
Cyril Abiteboul, Diretor da Equipe:
“Após as emoções em montanha russa desde sexta-feira, é bom terminar em quarto lugar! Chegamos a acreditar no pódio por alguns momentos e a equipe provavelmente merecia isso, mas o Alex Abon teve um ritmo melhor com a Red Bull no último reinício da prova. Foi uma corrida bastante movimentada, mas acho que tomamos todas as decisões certas. O Daniel teve um desempenho espetacular para chegar a esta classificação. É uma pena que ficamos com apenas um carro nesta corrida incrível, após o abandono do Esteban devido a um superaquecimento dos freios. Agora vamos estudar e analisar a origem do problema. O principal ponto positivo deste fim de semana é que nunca devemos tomar nada como certo. Chegamos aqui esperando ter um fim de semana muito difícil, com características de pista que normalmente não favorecem o nosso monoposto, mas mesmo assim conseguimos performar. Isso indica novamente que podemos fazer muito enquanto nossas fábricas desenvolvem as futuras evoluções. Também foi um primeiro evento fantástico no Autódromo de Mugello, que é um circuito incrível para os pilotos e suas máquinas!”

Fotos Relacionadas

Baixar fotos selecionadas
Baixar todas as fotos

Releases Relacionados