Segunda, 02 de outubro de 2017.

Fórmula 1 – Grande Prêmio da Malásia

A Equipe Renault Sport de Fórmula 1 teve um Grande Prêmio da Malásia difícil, que terminou com a 16ª posição de Nico Hülkenberg. Seu companheiro de equipe Jolyon Palmer se classificou em 15º, após as duas rodadas na pista.
 
  • Nico largou da 8ª fileira com pneus Pirelli Supermacios (vermelhos), antes de fazer uma parada rápida para colocar pneus novos Macios (amarelos), que foram substituídos por Supermacios em sua segunda passagem nos boxes por razões de segurança.
  • Jolyon largou em 12º lugar com um jogo de Supermacios, antes de fazer sua única parada para passar para Macios novos.
 
Nico Hülkenberg, R.S.17-04 n° 27 – Largada: 8º – Chegada: 16º.
Foi um domingo bastante decepcionante, que começou com uma largada longe de ser fantástica. Perdemos algumas posições na primeira curva e desde então ficamos na defensiva até o fim. Houve momentos difíceis, ficamos bloqueados no tráfego e tive que parar duas vezes. Tive que me arriscar bastante para tentar uma recuperação e é uma pena que não tenhamos conseguido mostrar a velocidade e o potencial do carro. Tentaremos fazer uma corrida melhor no próximo domingo”.
 
Jolyon Palmer, R.S.17-03 n° 30 – Largada: 12º – Chegada: 15º.
“O início do Grande Prêmio não foi lá grande coisa. Segui o Nico uma boa parte da corrida com algumas boas ultrapassagens. Depois disso, eu não conseguia mais controlar o carro e não sei exatamente o motivo. Foi uma surpresa para nós e, por causa disso, perdemos quase tudo. O negócio agora é bola pra frente com foco na próxima semana”.
 
Cyril Abiteboul, Diretor Geral:
A equipe teve um fim de semana difícil, que terminou com uma corrida ruim. Com exceção das qualificações, não conseguimos fazer o carro funcionar da mesma forma como nas últimas provas. Nossos dois carros fizeram uma primeira volta ruim, estávamos na defensiva e assim ficamos até a chegada. Tentamos ser um pouco mais agressivos na estratégia do Nico. Fizemos uma parada antecipada, mas isso não foi a nosso favor, pois ficamos bloqueados no tráfego após a passagem nos boxes. Suas tentativas de recuperação aumentaram a deterioração dos pneus e fomos obrigados a fazer um segunda parada por razões de segurança.  O Jolyon tinha um ritmo similar ao do Nico antes de rodar duas vezes na pista, e isso fez com que ele perdesse algumas posições, culminando com um resultado ruim. Esta é a última vez que vamos ver isso e tomaremos todas as medidas necessárias para melhor compreender nossa falta de performance neste fim de semana. No geral, já sabemos em que pontos precisamos trabalhar nos próximos dias, mas devemos ir além. Vamos nos recuperar para voltar com tudo em Suzuka. Por outro lado, quero parabenizar a Red Bull Racing pela dobradinha. Toda a equipe trabalhou bastante na Malásia e é muito bom ver nossa equipe parceira vencendo”!
 
 

Releases Relacionados