Segunda, 27 de novembro de 2017.

Grande Prêmio de Abu Dhabi de Fórmula 1

Ao final do Grande Prêmio de Abu Dhabi, a Equipe Renault Sport de Fórmula 1 conquistou o 6º lugar no Campeonato Mundial de Fórmula 1 da FIA graças ao espetacular 6º lugar de Nico Hülkenberg. A escuderia precisava de 5 pontos neste fim de semana para ficar em 6º, mas a performance obstinada da equipe e a pilotagem determinada de Nico fizeram com que ele marcasse 8 pontos, permitindo à equipe atingir o objetivo.
 

Nico largou em 7º e manteve sua posição depois de fazer uma boa largada. Entretanto, os comissários de prova consideraram que ele havia ganhado uma posição devido a uma ultrapassagem fora da pista na primeira volta. O alemão foi penalizado em 5 segundos durante sua parada na 17ª volta. Sabendo que deveria aumentar a diferença em relação a Perez, que vinha logo atrás, Nico aumentou a velocidade e deixou seu oponente mais de 7’’ atrás antes de parar no box. O abandono de Ricciardo permitiu que ele ganhasse uma posição, que ele conseguiu manter para terminar em 6º.

Largando em 12º, Carlos Sainz partiu para uma intensa batalha com Massa e Alonso para ficar entre os 10 primeiros. Quando o brasileiro parou na volta de número 22, Carlos Aproveitou para fazer uma ultrapassagem, parando na 31ª volta. Infelizmente, uma roda se soltou quando ele estava saindo da reta dos boxes, obrigando o espanhol a abandonar a prova prematuramente.

A Equipe Renault Sport de Fórmula 1 termina o ano na 6ª posição no Campeonato de Construtores. No Campeonato de Pilotos, Carlos Sainz se classificou em nono e Nico Hülkenberg em décimo.

Nico Hülkenberg, R.S.17-04 n°27 – Largada: 7º – Chegada: 6º.
  Parecia um filme de suspense! A primeira volta foi interessante, assim como a segunda parte, depois de minha parada. Eu deveria ultrapassar a Haas, que estava indo rápido nas retas, e ainda tinha o Checo logo atrás de mim e louco para aproveitar uma oportunidade. Mas conseguimos nos manter firmes e terminamos a temporada de forma decente. Foi muito bom terminar em 6º e isso vai ajudar a fortalecer o moral da equipe na parada de fim de ano. Tínhamos um bom conjunto na segunda metade do ano, mas tivemos alguns problemas. Por isso, é fantástico terminar com este resultado e começar o inverno com a cabeça erguida.  
 
Carlos Sainz, R.S.17-01 n°55 – Largada: 12º – Chegada: abandono.
  Fizemos uma boa corrida, com um bom ritmo. Fiz progressos reais e fiquei ansioso pela segunda parte da corrida para terminar entre os 10 primeiros. Apesar de ser lamentável, este problema com a roda pode acontecer com qualquer um. Acho que merecíamos terminar com os dois carros nos pontos, mas vamos nos concentrar nos aspectos positivos. O Nico fez um bom trabalho para a equipe e conquistamos os pontos necessários para terminar em 6º. Foi uma boa temporada como um todo e tive um excelente início de trabalho com a Renault.  
  
Cyril Abiteboul, Diretor geral:
  Missão cumprida. Tínhamos um objetivo claro. No início do ano, nossa meta era terminar em 5º. Era extremamente ambicioso, mas a ambição é uma coisa boa e devemos ter objetivos elevados. Não facilitamos as coisas e os três últimos fins de semana constituem um microcosmo neste ano que mais se pareceu com uma montanha-russa. Em alguns momentos fomos muito agressivos, em outros muito conservadores, mas chegamos preparados a Abu Dhabi e quase tudo aconteceu exatamente como havíamos previsto. Corrigimos nosso objetivo para a 6ª posição. Estou muito orgulhoso com o resultado que obtivemos. Esta é uma etapa importante para a equipe e uma conquista que vai muito além do resultado na pista. É uma motivação para todo mundo e para cada membro da equipe. Esta fantástica recompensa será muito mais importante que qualquer gratificação financeira neste fim de ano.  
 
 
 

Releases Relacionados