Segunda, 12 de junho de 2017.

Grande Prêmio de Fórmula 1 do Canadá 2017

Equipe Renault Sport de Fórmula 1 acumula pontos com 8º  lugar de Nico Hülkenberg. Depois de corrida obstinada no circuito Gilles Villeneuve, Nico não baixou a guarda nem nas últimas voltas, partindo ao encalço da Ferrari de Kimi Räikkönen, que estava em 7º. O alemão chegou a apenas 1,7 segundos de seu concorrente. Também bastante determinado, Jolyon Palmer se classifica em 11º, faltando apenas um segundo para acumular pontos.
 
  • Nico largou da 10ª posição no grid, com pneus Pirelli ultramacios usados nos treinos classificatórios. Após 11 voltas, eles foram trocados por um jogo de pneus supermacios novos.
  • Largando em 15º com pneus ultramacios novos, Jolyon parou na 11ª volta para trocá-los por pneus supermacios novos.

Nico Hülkenberg, R.S.17-02 n°27 – Largada: 10º – Chegada: 8º 
“A corrida de hoje foi bastante positiva no geral, apesar das fortes rajadas de vento laterais que balançavam o carro da esquerda para a direita na reta! Graças a alguns abandonos, consegui me classificar em 8º lugar. Estes quatros pontos são mais do que bem-vindos, pois estávamos um pouco inseguros sobre nossa performance ao chegar ao circuito”.
 
Jolyon Palmer, R.S.17-03 n°30 – Largada: 15º – Chegada: 11º
“Outra chegada em 11º. É a segunda vez seguida que quase acumulamos pontos e isso é muito frustrante. Perdi posições na largada caótica, depois fiquei preso atrás de Grosjean durante quase 60 voltas e não podia ficar mais perto para partir para o ataque. Acho que nosso ritmo merecia mais e, se eu tivesse conseguido largar em uma posição melhor, teria terminado entre os dez primeiros. Esta corrida foi bem melhor e o segundo treino classificatório também foi positivo. Agora temos que continuar trabalhando duro”.
 
Cyril Abiteboul, Diretor Geral:
“Fizemos uma boa corrida em Montreal, com resultados positivos. É muito bom retomar nossa série de chegadas acumulando pontos, após um abandono frustrante em Mônaco. Hoje, conseguimos reduzir nossa diferença em relação à Williams, o que condiz com nosso objetivo de estarmos em 6º no Campeonato de Construtores antes da pausa de verão. Nico fez uma bela corrida em um excelente ritmo e se classificou na mesma volta que os líderes. Ele soube se manter concentrado, evitando incidentes e penalidades. Jolyon seguiu uma estratégia semelhante e terminou em 11º pela segunda vez seguida. Agora sua prioridade é conseguir se classificar melhor para ter chance de marcar pontos e contribuir para os esforços da equipe, para voltar a ganhar terreno entre os construtores”.
 

Releases Relacionados