Terça, 24 de outubro de 2017.

Grande Prêmio dos Estados Unidos de Fórmula 1

No Grande Prêmio dos Estados Unidos, a Equipe Renault Sport de Fórmula 1 recuperou a 7ª posição do Campeonato de Construtores, após a fantástica corrida inaugural de Carlos Sainz na escuderia. Carlos conseguiu terminar em 7º ao partir para o ataque para terminar em 6º e igualar o melhor resultado da equipe nesta temporada. Apesar de fazer uma boa largada, Nico Hülkenberg teve não teve tanta sorte, sendo obrigado a abandonar após a queda da pressão do óleo de seu carro, no início da corrida.
 
·       Nico largou em 18º com pneus Pirelli ultramacios novos (cor-de-rosa neste fim de semana), antes de abandonar na 3ª volta.

·       Carlos largou do 7º lugar com um jogo de pneus ultramacios novo. Ele parou na 19ª volta para colocar pneus macios novos (amarelos).
 
Nico Hülkenberg, R.S.17-04 n° 27 – Largada: 18º – Chegada: abandono.
“É mesmo uma pena que tenha sido assim. Eu realmente gosto deste lugar, mas os resultados infelizmente não estiveram à altura. Tivemos um problema com a queda de pressão do óleo e isso nos obrigou a parar e abandonar. Às vezes as coisas não acontecem a nosso favor e é preciso aceitar, mas vamos inverter a tendência na próxima semana, no México”.
 
Carlos Sainz, R.S.17-03 n° 55 – Largada: 7º – Chegada: 7º.
“Tive um excelente começo com a Renault e a corrida de hoje foi realmente muito bacana. Logo de cara fui ficando mais e mais confiante com o carro, a cada volta. Isso fez com que eu pudesse atacar ainda mais, partindo para cima dos carros da Force India, que estiveram fora de alcance nas últimas provas. Foi muito legal poder ultrapassar um e partir para o ataque do outro. Tudo correu perfeitamente bem durante este fim de semana. Eu sabia que seria mais rápido e tinha confiança em mim. Toda a equipe me ajudou de verdade, e isso foi fundamental para que eu me adaptasse rapidamente. Ter uma classificação tão boa depois de uma excelente corrida me deixa extremamente feliz. Por isso, quero agradecer a cada membro da equipe”.
 
Cyril Abiteboul, Diretor Geral:
“A equipe teve um resultado totalmente desigual nesta prova. De um lado, Carlos fez uma fantástica corrida inaugural, com um fim de semana impecável. Ele chegou tão bem preparado e motivado quanto a equipe. Fizemos um trabalho excelente juntos desde o anúncio de sua chegada durante o GP de Suzuka. Ele fez uma corrida agressiva e inteligente. Ele perdeu algumas posições depois da largada, mas graças a uma atuação brilhante ele conseguiu recuperar sua classificação do início. Por outro lado, a confiabilidade nos custou caro devido às penalidades e ao abandono de Nico por conta de um problema no motor que ainda não foi identificado. A princípio, o motor dele não foi danificado. Certamente ele teria tido condições de acumular pontos hoje. Pedimos desculpas ao Nico, que ficou tão frustrado como nós. Neste fim de semana, demonstramos que temos tudo para lutar pela classificação no Campeonato de Construtores”.
 

Releases Relacionados