Sexta, 14 de setembro de 2018.

Instituto Renault comemora oito anos e entrega o mapa social da comunidade Borda do Campo

- Mapa social visa identificar e analisar indicadores de qualidade de vida
 
- O Instituto desenvolve projetos em dois eixos: inclusão e mobilidade sustentável 

- Em 8 anos de atuação, mais de 700 mil pessoas já foram impactadas

Fundado em 14 de setembro de 2010, o Instituto Renault completa o seu oitavo aniversário com a conclusão de um importante trabalho: o mapa social da região do bairro Borda do Campo, nos arredores do Complexo Ayrton Senna, em São José dos Pinhais. O mapa social é uma ferramenta ampla, utilizada para identificar o nível de desenvolvimento de um território, demandas, rede de serviços, tendências e oportunidades de investimentos. Para a elaboração do mapa foram extraídos 32 indicadores que traduzem a realidade da região e permitem traçar uma direção dos próximos investimentos com foco no impacto social. O documento, apresentado em agosto à administração do município, estará disponível a partir do dia 08 de outubro para consulta pública no site oficial do Instituto: http://institutorenault.com.br/

“O Instituto Renault se orgulha já ter alcançado cerca de 700 mil pessoas com três projetos consolidados, que são referência na área de Responsabilidade Social Empresarial no país e também para o Grupo Renault em todo o mundo. Os prêmios que recebemos ao longo dos oito anos de Instituto no Brasil coroam o que para nós é o mais importante: nosso papel de agente transformador na vida de milhares de pessoas”, afirma Caique Ferreira, vice-presidente do Instituto Renault e diretor de Comunicação da marca.

As ações do Instituto Renault hoje estão concentradas em dois eixos, como parte da nova estratégia de Responsabilidade Social Empresarial do Grupo Renault (Mobilize): Inclusão e Mobilidade sustentável.

Inclusão
Dentro do eixo Inclusão está inserido o apoio à Associação Borda Viva, com foco em segurança alimentar, negócios sociais e negócios de impacto.  A entidade sem fins lucrativos atende crianças, jovens e mulheres da região do bairro Borda do Campo, com três principais projetos:

Casa da Costura, que oferece capacitação e possibilidade de renda a mulheres assistidas pela associação com a produção de itens como bolsas, sacolas, nécessaires, entre outros artigos, desenvolvidos com materiais reciclados da Renault, como cintos de segurança e tecidos automotivos.

Cozinha Escola: por meio dessa iniciativa, a Associação oferece alimentação gratuita e nutritiva para crianças em idade escolar e que vivem em situação de vulnerabilidade social ou desnutrição na região.

Cozinha Comercial: mulheres da comunidade recebem treinamentos e comercializam refeições para a comunidade no restaurante da Associação Borda Viva. São quase 25 mil refeições comercializadas por ano. Além disso, as equipes trabalham também na produção bolos, pães, doces, salgados e sucos, entre outros quitutes típicos de serviços de coffee break, que são fornecidos, sob encomenda, para eventos em empresas.

O sucesso das iniciativas comerciais fez a receita da Associação Borda Viva se multiplicar seis vezes desde 2015. Quase 90 mil pessoas já foram beneficiadas com o apoio do Instituto à entidade.

Também neste eixo está o programa Renault Experience, que tem por objetivo promover o empreendedorismo e a inovação entre universitários com base no modelo de startups. O programa adotou o modelo atual em 2016 e, desde então, já recebeu a inscrição de 768 projetos dentro do tema Mobilidade, envolvendo quase 3000 estudantes de 131 instituições de ensino superior de 14 Estados brasileiros.

Mobilidade Sustentável
No segundo eixo, destaque para o programa educacional “O Trânsito e Eu”. Em seu formato tradicional, o programa começa dentro das salas de aula, com kits ilustrados produzidos pelo Instituto Renault. Os materiais são elaborados por educadores e empregam diferentes ferramentas pedagógicas, com chancela do Departamento Nacional do Trânsito. Com a lição dada na escola, as crianças vão à minicidade praticar o que aprenderam. Atualmente o Instituto tem minicidades permanentes em oito municípios: Arapongas (por meio de parceria firmada em agosto deste ano), Curitiba, São José dos Pinhais e Maringá, no Paraná; Pelotas (RS), além dos municípios paulistas de São Bernardo do Campo, Santa Bárbara D’Oeste e da própria capital do Estado. Mais de 140 mil estudantes já foram alcançados pela iniciativa, que também é realizada em ações itinerantes em parques, shoppings e eventos.

Em Mobilidade Sustentável, o Instituto Renault também apoia e participa de uma série de ações com empresas e com o poder público que utilizem veículos elétricos. A empresa já comercializou cerca de 150 carros de sua linha zero emissão para iniciativas do gênero.