Quarta, 14 de setembro de 2016.

Open Fórum – Trânsito e Transformação realiza debate sobre “álcool e direção”

O Instituto Renault, em conjunto com o Serviço Social da Indústria do Estado do Paraná (Sesi), o Centro Internacional de Formação de Atores Locais para a América Latina (Cifal Curitiba) e a Ecovia Caminho do Mar realizaram, nesta quarta-feira (14), a quarta edição do Open Fórum – Trânsito e Transformação, encontro anual para debate de temas ligados à segurança viária e à mobilidade urbana. O evento foi realizado no Campus da Indústria, em Curitiba (PR).

Neste ano, o Open Fórum, foi reformulado, promovendo o encontro entre especialistas e representantes da sociedade civil para discutir um problema em grande parte responsável pelo alto número de acidentes e de mortes no trânsito no Brasil: a mistura de álcool e direção.

“O Instituto Renault tem como um dos eixos de atuação Educação para a Segurança no Trânsito. Acreditamos que apenas a educação e o debate de temas relevantes como este podem ajudar o país a reverter um quadro de quase 50 mil mortes por ano em acidentes de trânsito. Com essa finalidade, o Instituto realiza diversos tipos de ação ao longo do ano, envolvendo crianças, jovens e adultos, a exemplo desta quarta edição do Open Fórum – Trânsito e Transformação”, afirma Caique Ferreira, vice-presidente do Instituto Renault e diretor de Comunicação da marca.

Ferreira foi o mediador de um painel composto pelo doutor Dirceu Rodrigues, diretor do departamento de Medicina Ocupacional da Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (Abramet); Eduardo Biavati, mestre em sociologia, escritor e especialista em educação e segurança no Trânsito; e o doutor Augusto Gluszczak Junior, juiz e autor do projeto “Sobriedade no Trânsito”, que busca estimular a discussão dos perigos de combinar álcool e direção.

O evento contou com a presença de cerca de 120 pessoas, entre representantes da Polícia Militar, Guarda Municipal, Detran e Secretarias de Trânsito e Educação.

Debatendo soluções

Dirceu Rodrigues explicou ao público presente as diferentes reações que o álcool provoca no corpo humano. O médico comparou as mortes no trânsito a uma epidemia, que se alastra no Brasil sem que haja a adoção de medidas de controle efetivas. “O problema vem sendo negligenciado”, afirmou.

Na avaliação de Eduardo Biviati, leis não são suficientes para que o Brasil caminhe em direção a um trânsito mais humano e seguro. Para ele, é necessário, sobretudo, alcançar os jovens. “É preciso que se fale a língua da juventude, que se entre no mundo deles para trabalhar a educação no trânsito e a conscientização”, disse.

Já o magistrado Gluszczak Júnior contou sua experiência na aplicação de penas a infratores de crimes de trânsito. Constatando a pouca eficiência de punições como a doação de sextas básicas, ele passou a determinar punições educativas como a assistência em hospitais a pessoas que sofreram acidentes de trânsito. “Há casos de pessoas que cumpriram a pena e passaram a se dedicar voluntariamente a esse tipo de serviço”, concluiu.

Instituto Renault

Criado há seis anos, o Instituto Renault tem como objetivo promover ações voltadas à sustentabilidade socioambiental, atuando em três eixos: Capital Humano, voltado ao Desenvolvimento Social, à Educação e à Diversidade; Meio Ambiente, promovendo a sustentabilidade ambiental; e Educação para Segurança no Trânsito, que tem como destaque o projeto “O Trânsito e Eu”. Cerca de 400 mil pessoas já foram impactadas pelas ações do Instituto Renault.

Sesi Paraná – O Serviço Social da Indústria (Sesi) no Paraná entrega soluções em segurança, saúde e educação para a indústria, para o trabalhador e sua família. Com o objetivo de reduzir despesas com saúde, prevenir acidentes de trabalho e promover a saúde dos trabalhadores, o Sesi oferece consultorias e serviços exclusivos para a indústria, garantindo mais competitividade e produtividade para os negócios, diminuindo gastos e atuando de forma preventiva. Com foco na educação inovadora ao alcance do trabalhador da indústria, o Colégio Sesi é a maior rede de Ensino Médio do Paraná, e conta com cinco unidades internacionais.

Ecovia – A Ecovia é uma empresa do GrupoEcoRodovais. No Paraná é responsável pela operação e manutenção da BR-277 – rodovia de grande importância comercial e turística na Região Sul, por ligar Curitiba ao Porto de Paranaguá, numa extensão de 84 quilômetros em pista dupla, além dos segmentos rodoviários PR-508 (Alexandra-Matinhos), e PR-407 (Pontal do Paraná). A empresa também presta manutenção nas rodovias de oferta que ligam a BR-277 às cidades de Morretes e Antonina. A Ecovia oferece ainda os Serviços de Atendimento ao Usuário (SAU) nos km 35 e 11 (sentido Paranaguá) e km 61,2 (sentido Curitiba) onde há banheiro, fraldário, café, água e telefone público.

CIFAL – O Centro Internacional de Formação de Atores Locais para América Latina - CIFAL, sediado em Curitiba desde 2003, é uma iniciativa do Programa de Cooperação Descentralizada do Instituto das Nações Unidas para Treinamento e Pesquisa - UNITAR. O centro é responsável por desenvolver programas de capacitação e promover cooperações técnicas que contribuam para o desenvolvimento urbano sustentável e o alcance dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio das Nações Unidas (ODM). O CIFAL é uma parceria formada entre o Instituto das Nações Unidas de Treinamento e Pesquisa – UNITAR, O Serviço Social da Indústria do Paraná – SESI e a Federação das Indústrias do Estado do Paraná - FIEP.

Fotos Relacionadas

Baixar fotos selecionadas
Baixar todas as fotos

Releases Relacionados

  • Colaboradores da Renault do Brasil arrecadaram e doaram voluntariamente…

    - Nesta segunda, equipe da Carroceria finalizou a entrega de 25 toneladas de alimentos para comunidades e instituições…

    Saiba mais

    Clique aqui para ver a notícia.
  • Renault adquire novo lote de 120 mil máscaras da Associação Borda Viva

    Ao todo, mais de 217 mil máscaras descartáveis já foram encomendadas de projetos apoiados pelo Instituto…

    Saiba mais

    Clique aqui para ver a notícia.
  • Renault lança campanha `Se é Renault, pode confiar` com preços de revisões…

    Marca também realiza a ação social `Multiplique o Bem`, cada quilo de alimento recebido será doado em…

    Saiba mais

    Clique aqui para ver a notícia.