Quarta, 10 de janeiro de 2018.

Renault alcança novo recorde de participação de mercado no Brasil

  • Marca chega a 7,7% de market share no Brasil
  • Exportações atingem recorde histórico, com 98,3 mil unidades
  • Produtos, ações de marketing e de responsabilidade social conquistam 18 prêmios

Em 2017 a Renault do Brasil manteve a trajetória de crescimento que segue de forma contínua no país desde 2010, alcançando novo recorde de participação de mercado: 7,7%, com ganho de 0.2 ponto percentual em relação a 2016. No total, a empresa emplacou 167,1 mil veículos, contra 149,9 mil unidades emplacadas em 2016, um crescimento de 11,4%, superior ao aumento registrado pelo mercado automobilístico brasileiro em 2017, que foi de 9,4%.

“Chegamos ao final do ano com vários motivos para comemorar. Apresentamos dois novos produtos: o Captur e o Kwid, principal lançamento do ano. A produção desses veículos para os mercados interno e externo motivou a contratação de 1.300 colaboradores para a inauguração do terceiro turno completo. Tudo isso só foi possível porque a Renault manteve inalterados seus investimentos no Brasil, mesmo em períodos de instabilidade econômica. É a soma desses fatores que nos permitiu, mais uma vez, crescer em participação de mercado no país”, afirma Luiz Pedrucci, presidente da Renault do Brasil.

Entre os destaques comerciais da marca estão o Sandero, sexto veículo mais emplacado do Brasil em 2017, com 67,3 mil unidades; o Kwid, com 22,6 mil unidades comercializadas após seu lançamento, em agosto; e o Renault Master, líder absoluto pelo quarto ano consecutivo do segmento de furgões com capacidade de carga de até 3,5 toneladas de Peso Bruto Total, com 51% de market share.

Destaque também para as exportações, que alcançaram recorde histórico em 2017, chegando a 98,3 mil veículos (de passeio e comerciais leves), contra 71,3 mil unidades em 2016, uma alta de quase 38%.

Investimentos: uma nova fábrica

Além do crescimento em market share, em 2017 a confiança da Renault no país foi mais uma vez comprovada, com o anúncio de investimentos de R$ 750 milhões no Complexo Ayrton Senna, no Paraná. O montante já está sendo aplicado na construção de uma nova fábrica: a Curitiba Injeção de Alumínio (CIA) e na ampliação da Curitiba Motores (CMO). A Curitiba Injeção de Alumínio é resultado do trabalho de cerca de duas mil pessoas, envolvendo equipes da Aliança Renault-Nissan de 11 países, para a implantação das melhores práticas e tecnologias de injeção na nova unidade industrial. O resultado será uma fábrica equipada com máquinas de alta tecnologia e modernos processos de produção, em uma área construída de 14,5 mil metros quadrados – equivalente a 20 campos de futebol. A nova unidade será inaugurada no primeiro bimestre de 2018.

Lançamentos

Em março, o mercado brasileiro foi apresentado ao Renault Captur, SUV que impressiona à primeira vista graças a seu design, cujas linhas seguem a nova identidade visual da Renault e são assinadas pelo Technocentre da Renault, na França, em parceria com o Renault Design América Latina (RDAL). O modelo oferece maiores altura do solo, posição de direção, comprimento e entre-eixos de sua categoria. Fabricado no Complexo Ayrton Senna, no Paraná, o Captur traz o conforto e espaço interno do universo SUV, com alta oferta de conectividade, tecnologia e segurança.

Apresentado inicialmente nas versões 1.6 Sce mecânica e 2.0 16V automática, o veículo ganhou, em junho, a opção 1.6 SCe com câmbio X-TRONIC CVT, que proporciona ainda mais conforto aliado a economia de combustível.  O casamento do moderno câmbio continuamente variável – que tem opção de seis marchas simuladas - com o novo motor 1.6 SCe chegou também ao Duster, no mesmo mês.

Também no primeiro semestre, os apaixonados pela velocidade foram apresentados ao Sandero R.S 2.0 Racing Spirit, uma série limitada do hot hatch mais vendido do país, com visual ainda mais esportivo.

Por fim, em agosto, a Renault realizou o principal lançamento do mercado automobilístico em 2017: o Kwid. O sucesso do SUV dos compactos ficou evidenciado desde antes de sua chegada ao mercado, por meio da campanha de pré-venda, que, realizada de maneira inovadora e totalmente on-line, resultou em um volume de reservas quatro vezes maior que o esperado inicialmente pela fabricante.

Prêmios

O sucesso e as qualidades dos lançamentos Renault foram reconhecidos pela imprensa especializada, levando à conquista de uma série de prêmios ao longo do ano. Foram, ao todo, 18 troféus, com destaque para o Kwid. O SUV Compacto da Renault foi contemplado em dez prêmios:
  • “Melhor Compra 2017”, entre todos os automóveis à venda no Brasil, revista Quatro Rodas
  • Melhor compra do segmento na categoria “Carro até R$ 38.000”, revista Quatro Rodas
  • “Melhor Carro Compacto”, no prêmio CAR Awards 2018, CAR Magazine
  • “Melhor SUV de entrada”, no prêmio “Os Escolhidos”
  • “Carro de Passeio 1.0”, na premiação Carsughi L’Auto Preferita
  • Melhor carro na Categoria “Carros de até 1.200cc” no Prêmio Abiauto 2017 (Associação Brasileira de Imprensa Automotiva)
  • “Melhor veículo do ano”, no prêmio Top Car TV
  • “Melhor Comercial de TV”, também no prêmio Top Car TV
  • “Melhor Comercial/Campanha Publicitária”, no prêmio Carpress.
  • “Melhor Ação de Vendas”, novamente no prêmio Carpress. 
O Renault Master foi o vencedor do prêmio Maior Valor de Revenda 2017 (categoria Furgão), da agência AutoInforme e da editora Frota, além de ter sido apontado como a melhor compra pela revista Quatro Rodas na categoria “Furgões acima de 1000 kg”. A mesma publicação também elegeu o Sandero R.S. 2.0 a melhor compra na categoria “Esportivos de até 350 cv” e o utilitário-esportivo Duster 1.6 automático na categoria “SUV até R$ 80.000”.

O Captur foi vencedor na categoria “Melhor Design América Latina” no prêmio Americar, promovido pela Associação América Latina da Imprensa de Carros, que reúne 70 jornalistas de 11 países da região.

Já o Sandero foi o vencedor na categoria “Hatch Pequeno”, no prêmio “Os Escolhidos”, premiação feita por voto popular e pela escolha de 17 jornalistas da imprensa automobilística.

O Prêmio L’Auta Preferita elegeu a Renault a Marca Destaque 2017. Criada em 2015, a premiação é uma homenagem ao experiente jornalista Claudio Carsughi, que, em 2018, vai completar 70 anos de carreira de jornalismo ligado à área de automóveis. Os jurados do prêmio são 21 jornalistas da imprensa automobilística de várias regiões do Brasil.

Por fim, o programa “O Trânsito e Eu” foi o vencedor da categoria “Melhor Ação de Responsabilidade Social” no prêmio Top Car TV 2017. O júri do prêmio é composto por 38 jornalistas de várias regiões especializados em automóveis, com programas de TV, rádio, canais de YouTube e sites.

Além dos prêmios da imprensa automobilística, a Renault mais uma vez foi eleita uma das 150 melhores empresas para trabalhar no ranking da revista Você S.A. Na área de pós-venda, a empresa foi eleita pelo segundo ano seguido a montadora com o melhor serviço de atendimento ao cliente no ranking Exame/IBRC.

Velocidade e aventura off-road

Unindo o prazer ao dirigir, a paixão pela vida e o DNA da Renault Sport, a marca reuniu apaixonados pela velocidade a bordo do Sandero R.S. 2.0 em quatro edições do Renault Speed Experience, em 2018. Os encontros foram realizados no Autódromo Fazenda Capuava, em Indaiatuba (SP, março), Curitiba (PR, maio e setembro) e no autódromo Velo Città, em Mogi Guaçu (SP), no início de dezembro. O evento reúne proprietários do esportivo e convidados, para que possam aproveitar com segurança tudo o que um Sandero R.S. pode oferecer. Este é o segundo maior evento de clientes de R.S. do mundo, atrás apenas das “Journées Passion de Spa Francorchamps”, realizadas na França.

Já para os amantes do mundo off-road, a Renault realizou três edições do Domingo de Duster: em João Pessoa, em Fortaleza e na Serra Gaúcha. Reunindo proprietários dos veículos Duster 4X2, 4x4 e também da picape Duster Oroch, o evento é uma ótima oportunidade para que os proprietários desses veículos possam rodar em trajetos off-road com total segurança e orientação de profissionais qualificados e experientes.

Instituto Renault

O Instituto Renault completou seu sétimo ano em 2017, alcançando, ao longo desse tempo, mais de 600 mil pessoas. Durante o ano, realizou importantes ações em cada um dos seus eixos.

No eixo Educação para Segurança no Trânsito, o momento de maior destaque foi a inauguração, durante o Maio Amarelo, de uma minicidade permanente na cidade de São Paulo, em parceria com a Companhia de Engenharia de Tráfego, a CET. Na capital paulista, além da minicidade, onde as crianças praticam a convivência harmoniosa entre pedestres, ciclistas, motoristas – a bordo de minicarros elétricos –, idosos, deficientes físicos e visuais, o Instituto Renault disponibilizou também uma grande inovação: a Sala Digital, que utiliza a realidade virtual como ferramenta de educação no trânsito.

O Instituto Renault também realizou atividades itinerantes ao longo do ano, no Parkshopping Barigui, em Curitiba, no Park Shopping (Brasília) e no Shopping Anália Franco, em São Paulo. Além disso, o O Trânsito e Eu, novamente em parceria com a CET, esteve presente no GP Brasil de Formula 1, onde recebeu crianças da rede municipal de ensino, além da visita de visita de Matteo Bonciani, Diretor de Comunicação de Fórmula 1 da Federação Internacional de Automobilismo.

No eixo Capital Humano, o Instituto Renault concluiu a primeira edição do Renault Experience 2.0, com a escolha das três startups que apresentaram os melhores projetos dentro dos temas “Mobilidade e Conectividade”. As finalistas foram duas equipes paranaenses e uma equipe de estudantes da Bahia. Todas tiveram direito ao prêmio de R$ 30 mil e a participar da Aceleradora Renault, uma preparação intensiva de três semanas para fazer a empresa e o produto que criaram decolarem no mercado. Em virtude do sucesso, o programa manteve o formato de startups para a nova edição, já em andamento.

Também no mesmo eixo, o Instituto Renault promoveu ações de geração de renda para as mulheres da comunidade do bairro Borda do Campo, em São José dos Pinhais, por meio dos programas da Associação Borda Viva. Com a participação em eventos como o GP Brasil de Formula 1, que garantem grande visibilidade, a Associação comercializou itens do projeto Casa de Costura, como bolsas, nécessaires e carteiras feitas com produtos das linhas de produção da Renault.

Já no eixo meio ambiente, o Instituto Renault realizou importantes parcerias envolvendo veículos elétricos. No primeiro trimestre, a seguradora Porto Seguro adquiriu 16 subcompactos Twizy para realizar o primeiro atendimento a clientes na cidade de São Paulo. Já em novembro, a Itaipu Binacional adquiriu 20 Renault Zoe, com autonomia de 400 km (ciclo NEDC), aumentando para 80 o número de veículos elétricos da marca presentes em sua frota.
 

Releases Relacionados

  • GRUPO RENAULT: RESULTADOS COMERCIAIS MUNDIAIS DE 2017 BATEM RECORDE, COM…

    • 3,76 milhões de veículos vendidos, uma alta de 8,5%, em um mercado que avança…

    Saiba mais

    Clique aqui para ver a notícia.
  • Prorrogadas as inscrições para o programa Renault Experience 2.0

    Startups selecionadas recebem prêmio de R$ 30 mil e podem ter a Renault como sócia

    Saiba mais

    Clique aqui para ver a notícia.
  • Kwid é eleito o “melhor veículo do ano Top Car TV”

    Renault vence também como melhor ação de responsabilidade social e melhor…

    Saiba mais

    Clique aqui para ver a notícia.