Sexta, 20 de dezembro de 2019.

Renault Zoe estreia no carsharing VAMO em Fortaleza

O sistema de carros elétricos compartilhados VAMO, em Fortaleza, acaba de receber 10 novos veículos Renault Zoe. O VAMO, sigla para Veículos Alternativos para Mobilidade, é uma iniciativa inédita no Brasil e propaga a cultura dos carros compartilhados 100% elétricos. O sistema de carsharing foi implantado em 2016 em parceria entre a Prefeitura Municipal de Fortaleza, o Sistema Hapvida (patrocinador do projeto) e a Serttel (responsável pela operação e manutenção).  O principal benefício deste sistema é que incentiva energias limpas e renováveis, não emitindo gases poluentes e poluição sonora, assim como já acontece em sistemas semelhantes na Europa, como Paris, Milão, Londres, e nos Estados Unidos.
 
Para retirar o carro das estações é preciso que o motorista tenha um cadastro no VAMO. Esse cadastro deve ser feito pelo site do programa (vamofortaleza.com.br), preenchendo informações como nome, telefone, CPF, endereço e o número da carteira de motorista de habilitação B ou superior. As informações serão verificadas pela Serttel, que entrará em contato com o cadastrado para agendar hora, data e a estação de desejo do usuário para a assinatura do Termo de Responsabilidade, bem como para realizar teste drive acompanhado de técnico.
 
 
Renault, referência em Mobilidade Zero Emissão

Pioneira na tecnologia para veículos elétricos, a Renault também é referência em projetos envolvendo mobilidade zero emissão. Em Madrid, capital da Espanha, o projeto Zity disponibiliza 650 Renault Zoe em formato de compartilhamento, com reserva feita diretamente pelo aplicativo. Na França, nas cidades de Paris e Clichy, o Moov’in Paris disponibiliza 100 Zoe e 20 Twizy para uso compartilhado, com reserva feita também por meio de um aplicativo.

Além dos projetos de compartilhamento de veículos, a Renault também possui projetos de Smart Island, ilhas funcionais, inteligentes e eco-friendly. Em Belle-Ile-En-Mer por exemplo, 18 Zoe e 2 Kangoo Z.E. transitam pela ilha em um serviço de carsharing e aluguel, movidos a energia solar e com sete pontos de recarga espalhados pela ilha. O projeto também faz a utilização de segunda vida de bateria. A ilha de Porto Santo, em Portugal, é outro exemplo de Smart Island. Por lá, 14 Zoe e 6 Kangoo Z.E. transitam e atuam como armazenadores da energia solar e eólica em parte do dia, impedindo que a energia gerada seja inutilizada ou descartada.

No Brasil, a marca também desenvolve diversos projetos de mobilidade zero emissão. Em Fernando de Noronha, seis veículos 100% elétricos são usados pela administração e circulam pela ilha, sendo 3 Zoe, 2 Twizy e 1 Kangoo Z.E.. Em evento realizado em junho deste ano, o governador de Pernambuco, Paulo Câmara assinou um decreto válido a partir de 2022, que permite apenas a entrada de novos veículos 100% elétricos em Fernando de Noronha.
Outro projeto é o VEM DF (Veículo Eletromobilidade), que foi desenvolvido pela Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) em parceria com o Parque Tecnológico de Itaipu (PTI) e o Governo do Distrito Federal (GDF). O projeto é pioneiro no uso compartilhado de veículos elétricos para frotas públicas e disponibiliza 16 Twizy em formato de carsharing para uso pelos servidores públicos. O aplicativo escolhido para fazer a gestão do projeto será o Mobi-e, desenvolvido pelo PTI e já utilizado em um programa de compartilhamento de veículos interno da Itaipu, que envolve também o Renault Twizy. O Mobi-e permite reservar os veículos disponíveis, acompanhar sua localização, monitorar a velocidade, a carga de bateria, as rotas percorridas, além de outras informações. O desbloqueio dos carros ocorre por meio dos cartões dos funcionários cadastrados no sistema.

Em Belo Horizonte e Curitiba, a MRV disponibilizou 2 Renault Zoe em formato de carsharing para uso pelos moradores de um condomínio. Outra solução de Mobilidade Zero Emissão, em São Paulo, é oferecida pela Beep Beep, que disponibiliza 20 Renault Zoe para uso compartilhado, com a reserva realizada diretamente por meio de um aplicativo.
 
Sobre o Grupo Renault

Montadora de automóveis desde 1998, o Grupo Renault é um grupo internacional presente em 134 países, tendo vendido quase 3,9 milhões de veículos em 2018. O Grupo emprega atualmente mais de 180.000 colaboradores, tem 36 unidades industriais e 12.700 pontos de venda espalhados pelo mundo. Para responder aos grandes desafios tecnológicos do futuro e manter sua estratégia de crescimento rentável, o Grupo se apoia no desenvolvimento internacional, na complementariedade de suas cinco marcas (Renault, Dacia, Renault Samsung Motors, Alpine e Lada), nos veículos elétricos e em sua inigualável aliança com a Nissan e a Mitsubishi Motors, número 1 em vendas em 2018. Com uma escuderia 100% Renault participando do Campeonato Mundial de Fórmula 1 desde 2016, a Renault faz do automobilismo um verdadeiro laboratório de desenvolvimento de inovações que depois são aplicadas nos veículos produzidos em série.

No Brasil, a Renault fabrica automóveis há mais de 20 anos. Inaugurado em 1998, o Complexo Ayrton Senna, em São José dos Pinhais, abriga as quatro fábricas do grupo no país: a CVP (Curitiba Veículos de Passeio), a CMO (Curitiba Motores), a CVU (Curitiba Veículos Utilitários) e a CIA (Curitiba Injeção de Alumínio). No Complexo, também está localizado o RTA – Renault Tecnologia América, centro de engenharia que conta com mais de mil profissionais que ajudam a desenvolver produtos voltados ao mercado latino-americano. Ao longo de duas décadas, a marca já produziu mais de 3 milhões de veículos e 4 milhões de motores no país.
 
Sobre o Sistema Hapvida
 
Com mais de 6 milhões de clientes, o Sistema Hapvida hoje se posiciona como o maior e único sistema de saúde suplementar do Brasil presente em todas as regiões do país, gerando emprego e renda para a sociedade. Fazem parte do Sistema as operadoras do Grupo São Francisco, América, Promed e Ame, além da operadora Hapvida. Atua com mais de 29 mil colaboradores diretos envolvidos na operação, mais de 15 mil médicos e mais 14 mil dentistas. Os números superlativos mostram o sucesso de uma estratégia baseada na gestão direta da operação e nos constantes investimentos: atualmente são 41 hospitais, 155 clínicas médicas, 42 prontos atendimentos, 141 centros de diagnóstico por imagem e coleta laboratorial (Vida&Imagem).
 
 

Releases Relacionados