Segunda, 24 de maio de 2021.

ALPINE F1 TEAM CONTINUA SEQUÊNCIA DE PONTOS COM MERECIDO 9º LUGAR DE ESTEBAN OCON EM MÔNACO

A Alpine F1 Team marcou dois pontos no Grande Prêmio de Mônaco de Fórmula 1 2021, graças ao nono lugar de Esteban Ocon nas lendárias ruas do Principado. Após ter largado em 17°, Fernando Alonso travou alguns duelos, conseguindo subir para a 13ª posição.

Uma parada no box bem feita associada a uma bela execução da equipe permitiu que Esteban subisse para a nona posição, terminando sua quarta prova consecutiva entre os dez primeiros.

Fernando fez uma boa largada e chegou a ficar perto de marcar pontos. Sua parada na 45ª volta permitiu que ele tirasse proveito dos erros do grupo de pilotos que seguia à frente. O espanhol cruzou a linha de chegada na 13ª posição.

Esteban também fez uma boa largada e fez pressão sobre Antonio Giovinazzi e Sergio Perez na subida do Cassino, subindo para a décima posição no rastro dos dois pilotos no início da corrida. A parada realizada na 37ª volta lhe deu vantagem sobre Antonio Giovinazzi, permitindo que ele ganhasse a nona posição, quando ele partiu pra cima de Lance Stroll e sua estratégia inversa (pneus duros antes dos macios). Entretanto, Lance Stroll conseguiu terminar em oitavo, forçando Esteban a se contentar com o nono lugar.

 Esteban Ocon / Largada: 11º – Chegada: 9º:

“Foi uma corrida positiva hoje, com um nono lugar e nossa quarta chegada consecutiva nos pontos. Conseguimos ultrapassar o Giovinazzi graças à nossa estratégia e à excelente parada feita pela equipe, mas o Stroll levou a melhor, pois estava mais rápido com os pneus duros. É legal marcar pontos novamente, principalmente depois de ter me defendido tanto no final. Acho que podemos tirar bons aprendizados dessa corrida e do fim de semana, que não foi fácil para nós. Aprendemos bastante, levamos algumas lições e tudo isso só vai nos ajudar a seguir em frente. Tenho certeza que temos ainda mais a oferecer.”

 Fernando Alonso / Largada: 17º – Chegada: 13º:

“O fim de semana foi decepcionante, pois não marcamos pontos. Esperávamos muito mais como equipe. Minha corrida não foi tão ruim – eu larguei em 17° e terminei em 13°. Ultrapassei dois carros na primeira volta, assumindo alguns riscos. A segunda parte da prova acabou ficando longa com os pneus macios, mas parece que eles estavam indo bem. Estou satisfeito com a corrida, mas é sempre difícil quando largamos mais para trás em Mônaco. Agora devemos progredir na prova de Baku.”

 Marcin Budkowski, diretor executivo:

“Tivemos uma corrida complicada hoje. Nossas difíceis qualificações fizeram das ruas de Mônaco um verdadeiro desafio, pois aqui é quase impossível ultrapassar. Nossos dois pilotos fizeram uma boa largada e o Fernando ganhou algumas posições na primeira volta. Depois disso, foi uma corrida clássica em Mônaco, com pouquíssimas ultrapassagens. O Esteban fez um bom trabalho na primeira parte da corrida e conseguiu pegar a nona posição de Antonio Giovinazzi, graças a uma boa parada no box, mas perdemos do Lance Stroll, que usou uma estratégia diferente. No final das contas, foi um fim de semana ruim depois das duas performances encorajadoras em Portugal e na Espanha. Temos certeza que foi uma exceção e que em Baku vamos recuperar o mesmo ritmo que estávamos apresentando antes de Mônaco. Apesar disso, nossos concorrentes no campeonato aproveitaram essa corrida ao máximo e precisamos fazer melhor.”

Releases Relacionados