Terça, 16 de novembro de 2021.

Com trabalho de equipe, Alpine pontua com seus dois pilotos e escuderia leva mais seis pontos para casa no GP de São Paulo

A Alpine F1 Team terminou a segunda etapa desta “rodada tripla”, com mais seis pontos para a conta no Campeonato Mundial da FIA de Fórmula 1, graças ao oitavo lugar de Esteban Ocon e o nono de Fernando Alonso, em um apaixonante Grande Prêmio de São Paulo. Com este resultado, a Alpine mantém o quinto lugar no Campeonato de Construtores, totalizando 112 pontos faltando três corridas para o término da temporada.

Ocon e Alonso se envolveram em batalhas intensas na pista com Pierre Gasly e Daniel Ricciardo logo no início da prova de 71 voltas. Quando a poeira baixou, Ocon tinha caído para a nona posição, apesar de ter executado uma bela ultrapassagem sobre a McLaren. Enquanto isso, Alonso já tinha subido para o 11º lugar.

Após uma curta atuação do carro de segurança devido à presença de detritos na pista, Daniel Ricciardo pegou Ocon de surpresa no reinício da prova, o mesmo acontecendo com Alonso após a investida de Lance Stroll. Mesmo assim, o espanhol recuperou sua posição graças ao seu ritmo impressionante enfrentando a Aston Martin.

Ocon foi o primeiro a parar para colocar pneus duros, aproveitando uma breve atuação do carro de segurança virtual. Fernando perdeu a oportunidade e se manteve na pista, parando para colocar pneus duros na volta de número 34.

Com os pneus novos, Alonso mostrou um ritmo sólido e mostrou-se determinado a recuperar terreno, subindo três posições em algumas voltas e se unindo a Ocon no top dez. Devido aos problemas de Daniel Ricciardo, a dupla subiu respectivamente para o oitavo e o nono lugar.

Graças ao seu forte ritmo, Alonso contou com o favorecimento de seu companheiro de equipe para partir para cima da Alpha Tauri de Pierre Gasly. Como tinha acabado de fazer uma segunda parada e estava com pneus mais novos, o francês recuperou sua posição – apesar de a equipe ter se defendido com muita garra.

Alonso e Ocon se mantiveram na oitava e nona posição até voltarem cordialmente às suas posições de direito na última volta, entregando seis valiosos pontos para a escuderia.

Esteban Ocon / Largada: 8º – Chegada: 8º: 

“Estou contente por ter pontuado novamente, após uma corrida tão agitada. Hoje entregamos um verdadeiro trabalho de equipe, tentando maximizar e chegar ao limite tanto em termos de performance como tática. Quando Gasly parou uma segunda vez no box, cedi passagem ao Fernando para ver se ele conseguiria manter nosso adversário para trás. Isso deu certo durante algumas voltas, mas depois não foi suficiente e o Fernando me devolveu sua posição. Terminamos em oitavo e nono e estamos levando seis pontos para casa. Este é um importante resultado coletivo para o Campeonato de Construtores. A disputa continua acirrada e agora vamos correr em dois circuitos que ainda não conhecemos. Vamos dar o máximo para manter nossa posição.”

Fernando Alonso / Largada: 12º – Chegada: 9º:  

“Estou contente com nosso resultado de hoje, depois de um sábado difícil. A largada e o reinício da prova não jogaram a nosso favor, mas nosso ritmo foi excelente depois que as coisas se acalmaram. Tivemos um pouco de falta de sorte e não conseguimos aproveitar a atuação do carro de segurança virtual para parar no box e acabamos perdendo tempo por conta disso. Nosso ritmo foi bem firme depois de passar no box e decidimos não parar mais. Apesar do nosso trabalho de equipe, tentamos mas não conseguimos deixar o Pierre (Gasly) para trás. Foi legal ter os dois carros terminando nos pontos e continuamos em pé de igualdade com a Alpha Tauri na briga pelo quinto lugar. No próximo fim de semana vamos correr no Qatar e tentaremos continuar nessa dinâmica.”

Laurent Rossi, CEO da Alpine:

“Estamos muito felizes por termos pontuado com nossos dois carros pela primeira vez desde o GP da Itália. Com esse resultado, continuamos em quinto no Campeonato de Construtores e também confirmamos nosso retorno a um bom nível de competitividade, depois de uma série de corridas em que tivemos que buscar respostas para os nossos questionamentos. A corrida de hoje foi bem divertida e foi legal oferecer um belo espetáculo para a vibrante plateia brasileira. Como equipe, podemos ter orgulho do trabalho realizado pelo Esteban e o Fernando na pista hoje. Depois da segunda parada do Gasly, decidimos manter a estratégia de uma única parada e nos defender o máximo possível. O Esteban deixou o Fernando passar para aproveitar sua aspiração e manter o Gasly para trás. Deu certo por algumas voltas, mas ele tinha a vantagem de estar com pneus mais novos e não conseguimos mantê-lo atrás de nós. Na última volta, o Fernando devolveu o lugar do Esteban, demonstrando o incrível espírito de equipe dos nossos dois pilotos, cuja cooperação favorece a evolução da escuderia. Agora nos concentramos na próxima prova, no Qatar, para a terceira e última etapa desta rodada tripla. Estamos partindo para algo desconhecido, mas estamos ansiosos para enfrentar este desafio apaixonante.”

Releases Relacionados

  • Nova gama Alpine A110 oferece três modelos, para satisfazer cada tipo…

    • Nova gama Alpine: três versões do A110, três emoções diferentes
    • Novo…

    Saiba mais

    Clique aqui para ver a notícia.
  • Alpine F1 Team revive a satisfação de subir ao pódio com fantástico…

    A escuderia Alpine F1 Team conquistou um pódio sensacional…

    Saiba mais

    Clique aqui para ver a notícia.
  • A história da Alpine, o braço esportivo da Renault

    O piloto francês Jean Rédélé era filho do dono do concessionário Renault da cidade de Dieppe,…

    Saiba mais

    Clique aqui para ver a notícia.